top of page
Untitled design - 2024-03-11T140803.912.png

Blog Pralike

  • Foto do escritorPralike Comunicação Digital

Desvendando o Google Ads: métricas importantes para a sua empresa

Você sabia que pode colocar sua empresa entre os primeiros resultados de pesquisa do Google?

Isso é totalmente possível, viável e rentável, mas depende de um fator importantíssimo: a estratégia correta. E por sorte, as ferramentas que temos hoje nos possibilitam estruturar estratégias completas com base em diversos fatores e que podem ser aplicadas 24/7. 

Uma das melhores ferramentas para isso é o Google Ads, a estrela da matéria de hoje. Por isso, a seguir conheceremos algumas das variáveis que o Google Ads trabalha para transformar seu anúncio em retorno.


1. Impressão

A taxa de impressão, semelhante nas redes sociais, representa quantas vezes o seu anúncio foi exibido no Google, o que equivale também ao Google Maps e outros sites parceiros. Sendo assim, esse número representa a entrega do seu anúncio.

As impressões estão relacionadas, a grosso modo, com o valor do lance (R$) e à qualidade da lista de palavras-chave escolhidas. 


2. Custo por Clique - CPC

Como indica o nome, o CPC refere-se ao valor pago por cada clique no anúncio. Assim, é possível monitorar o quanto essa ação está custando para você, de modo a permitir maior controle sobre o orçamento definido.

Além disso, perceba que isso significa que os anunciantes apenas pagam se houver, de fato, cliques. O CPC, portanto, é a soma dos cliques dividida pelo valor gasto.


3. Taxa de Cliques - CTR

Diferente do CPC, a CTR é basicamente o total de cliques que o anúncio obteve. Para aumentar essa taxa, é preciso planejar bem as chamadas e textos do anúncio, de modo a expressar exatamente o que as pessoas buscam em sua pesquisa do Google. O que, certamente, deve estar relacionado às palavras-chave configuradas.


4. Taxa de Conversão

A conversão pode ser medida por esta métrica - entretanto, primeiro devemos estabelecer o que uma conversão significa com base na campanha. Para e-commerces, pode ser uma venda. 

Essa métrica é essencial, tendo em vista que pode determinar, por exemplo, quantos cliques são feitos para que haja uma conversão. Essa conclusão é reflexo do comportamento do seu público e do seu cliente. Afinal produtos mais baratos geralmente requerem menos visitas e geram mais conversões, enquanto que produtos de maior investimento geram diversas visitas antes do resultado final de compra.


5. Custo por Aquisição - CPA

Uma métrica muito interessante, ela é semelhante à lógica do custo por clique, mas focada na aquisição (conversão). Inclusive, veja só: é possível precificar sua campanha com base na realização de metas ou conversão.

Em outras palavras, você apenas paga quando realiza uma meta (ex.: venda, download de e-book, preenchimento de formulário e por aí vai). Naturalmente, um bom CPA representa um lucro maior do que o valor investido.


E estas foram 5 das diversas métricas que o Google Ads considera. É essencial monitorar e equilibrar cada uma delas com um olhar profissional para obter os resultados que você sonha. 

E para essa tarefa, lembre-se sempre de contar com a equipe especializada da Pralike!

Comments


bottom of page